Veruschka Mainhard
Página inicial

Veruschka Mainhard - Soprano

Biografia

Musicista versátil, Mestre em flauta transversa barroca e música antiga pela Escola Superior de Utrecht (Holanda), pianista laureada em vários concursos, Veruschka Mainhard descobriu no canto sua real vocação.

Realizou estudos com Carol McDavit e Martha Herr no Brasil, Uta Spreckelsen na Alemanha e Marianne Blok na Holanda. Participou de diversas masterclasses ministradas por Jean-Paul Fouchécourt, Susie le Blanc, Monique Zanetti e Maria Venuti e Laura de Souza. Como bolsista da Fundação do estado de Baden – Württemberg, aperfeiçoou-se ainda com Roland Hermann, Mitsuko Shirai, Hartmut Höll, Hilde Zadek e Jeffrey Gall na Alemanha e com Jorge Chaminé na Fundação Calouste Gulbenkian de Paris.

É preparadora vocal do Coro de Câmara Pro-Arte e integrou o Coro do Teatro Municipal do Rio de Janeiro.
Apresentou-se em tournée com o Coro e Orquestra Brasil Barroco em 1990 em Portugal e como preparadora vocal do Coro a Cappella da Associação de Canto Coral em várias cidades do Mercosul em 2000, divulgando a música brasileira.
É Professora de Dicção e Canto da Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro, tendo exercido a função de Chefe do Departamento Vocal desta instituição.
Vem exercendo atividade pedagógica, ministrando vários cursos e masterclasses de canto e técnica vocal para coro.

Como camerista, vem se apresentando nas mais importantes salas de concerto do país e no exterior. Atuou como solista em óperas, oratórios e cantatas no Brasil, Alemanha e Holanda, sob a regência de Ruy Wanderley, Leo Meilink, Carlos Alberto Figueiredo, Lígia Amadio, Susanne Paulsen, Aylton Escobar, Maria Aída Barroso, Marcelo Bussiki, João Guilherme Ripper, Ricardo Rocha, Luiz Gustavo Petri, Marco Aurélio Lischt, Ernani Aguiar e André Cardoso, entre outros, tendo gravado diversos discos e programas para rádio e tv. Entre eles, destacam-se o Réquiem do Padre José Maurício Nunes Garcia, sob a regência de Ernani Aguiar e o Réquiem de Marcos Portugal, sob a regência de Ricardo Rocha.

Recentemente esteve na Alemanha e em tournée nas Antilhas Holandesas, onde apresentou-se em recitais e como solista da Orquestra da Händel Akademie sob a regência de Andreas Spering, tendo se apresentado também em séries importantes como os Concertos Didáticos da UFMG, Concertos Tribanco de Uberlândia e por várias vezes na Sala Cecília Meireles como solista da Sociedade Bachiana Brasileira, assim como do Ciclo Bach entre outros e apresentando-se como solista da OSB, em várias Bienais de Música Contemporânea Brasileira e estreando obras de compositores de renome, como Ricardo Tacuchian, na XVIII Bienal de Música Contemporânea Brasileira..

Veruschka cantou como solista a obra “Les Noces” de I. Stravinsky, regida pelo maestro argentino Guillermo Scarabino, assim como o oratório “Elias” de F. Mendelssohn, regido por Ricardo Rocha.

No seu repertório de ópera constam obras de Händel, Rameau, Mozart, Rossini, Beethoven, Donizetti, Rossini, Verdi, Puccini, Wagner e Carlos Gomes, assim como oratórios e obras do repertório sinfônico de Bach (Oratório de Natal, Paixão segundo São Mateus, Paixão segundo São João, Missa em Si menor e cantatas várias), Händel (Messias, Brockes Passion, Theodora), Scarlatti, Montéclair, Mozart (Requiem e Missa em Dó Menor), Beethoven (Nona Sinfonia), Mendelssohn (Elias, Paulus), Brahms (Ein deutsches Requiem), Mahler (Sinfonias 2 e 4), Stravinsky (Les Noces), João Guilherme Ripper (Cantata a Céu Aberto), Britten (War Requiem), Ricardo Tacuchian (Terra Aberta e Filho da Floresta), e canções de câmara alemãs, francesas, espanholas, italianas, holandesas, escandinavas e brasileiras.
.

Críticas:

“... um presente para o público”. Rozendaal Dagblad

“A interpretação de Veruschka Mainhard das Fêtes Galantes I de Debussy foi entusiasticamente acolhida pelo público parisiense.”
Jorge Chaminé

“Filho da Floresta, by Ricardo Tacuchian was sensitively set and marvelously sung by soprano Veruschka Mainhard, whose instrument is Wagnerian in scope, lovely in tone, and intelligently used by its owner, who must certainly be entering her prime as a vocalist.”
Tom Moore (Classical Voice of North Carolina)

 

Fotos

Veruschka Mainhard