Janette Dornellas
Página inicial

Janette Dornellas - Soprano

Biografia

Formou-se Bacharel em Canto, em 1990, na Universidade de Brasília, na classe do baixo Zuinglio Faustini. Na música popular, começou sua carreira ao lado de Cássia Eller, no show Dose Dupla, realizado na Sala Martins Penna em 1985.

Cantou, no Brasil, os papéis de:
Elettra (Idomeneo), Leonora (Fidelio), Turandot (Turandot), Lady Macbeth (Macbeth), Leonora (Il Trovatore), Dona Elvira (Don Giovanni), Abigaille (Nabucco), Nedda (Pagliacci), Valentina (A Viúva Alegre), Rosina (O Barbeiro de Sevilha), Santuzza (Cavaleria Rusticana), Lucy (O Telefone), Carmen (Carmen), Leonora (Força do Destino), Amnéris (Aída), Amélia (Un Ballo in Maschera), Luisa (Luisa Miller), Fosca (Fosca), Maria Tudor (Maria Tudor), Elizabeta (Roberto Devereux), Butterfly (Madame Butterfly), Abigaille (Nabucco), Segunda Dama (Flauta Mágica), L'Enfant (L'Enfant et les Sortilèges), Dorabella (Cosi fan Tutte), Berta (O Barbeiro de Sevilha), Dido (Dido e Enéas) e Alisa (Lucia de Lammermoor).

Nos Estados Unidos, fez Recital na George Fox University, na International School e na The Old Church (Portland, Oregon). Cantou também no 15th Annual Opera Gala Concert e Carmen (Carmen) com a Townsend Opera Players (Modesto, California).

Atua também em peças teatrais, musicais, concertos com orquestra e em recitais divulgando a canção erudita brasileira no concerto Canções do Brasil, com a pianista Vânia Marise de Campos e Silva.

Em 1997, foi semifinalista do I Concurso Internacional de Canto do Mercosul, Chile e Bolívia, em Montevideo, Uruguai.
Em 1998, fundou, em Brasília, com o barítono Francisco Frias, a Confraria da Ópera, primeira companhia independente de repertório lírico da Capital Federal, já tendo traduzido, produzido e encenado as óperas O Barbeiro de Sevilha, La Traviata, O Telefone e Gianni Scchichi. Traduziu e adaptou sozinha a ópera Amahl e Os Visitantes da Noite e está traduzindo Amélia al Ballo, de Gian Carlo Menotti. Dirigiu a ópera I Pagliacci e foi Assistente de Direção de Diva Pieranti na ópera La Bohème.

Participou do Curso de Verão do Instituto Superior de Artes do Teatro Colón, em 1998, na cidade de Buenos Aires, Argentina, no curso de Repertório da Maestra Suzana Cardonnet.

Também em 1998, ganhou o Terceiro Lugar no VI Concurso Internacional de Canto Carlos Gomes, no Rio de Janeiro, sendo a única brasileira entre os três primeiros colocados.

Foi contemplada com apoio financeiro da Bolsa Virtuose do Ministério da Cultura, para aperfeiçoar-se com o Maestro Franco Iglesias, em Portland, Estados Unidos. Em Portland, participou de master class com Joan Donerman, coach do Metropolitan Opera House e autora do livro "Um Guia para Audicionar em Ópera".

Em 1999, participou do Ellen Faull Gordon Vocal Competition em Portland, Oregon, ficando entre os 10 finalistas, sendo a única estrangeira entre os 51 concorrentes.

Em Janeiro de 2001 e Janeiro de 2007, foi professora convidada do XXIII e do XXVIII Curso Internacional da Escola de Música de Brasília.

Tem larga experiência na área de produção cultural, tendo produzido, por quatro anos, o projeto SARAU e idealizado o projeto MADE IN BRASÍLIA, na Secretaria de Cultura do DF.
Em 2002, produziu o I FESTIVAL DE INVERNO DE PIRENÓPOLIS.
Em 2003, foi convidada pela presidência da FUNARTE para ser a curadora de uma exposição sobre a cantora Cássia Eller, com quem começou sua carreira musical, por ocasião da reinauguração da Sala Funarte como Sala Funarte Cássia Eller.

Gravou seu primeiro CD, Ambígua, com o patrocínio do FAC – Fundo de Apoio à Cultura, da Secretaria de Cultura do DF.

É Comendadora da Ordem do Mérito Cultural de Brasília e em 2008 recebeu a Medalha de Destaque Cultural do Ano da
PRO-ARTE Brasília, das mãos de D. Mariza Alencar.

Foi nomeada Conselheira de Cultura na área de Música, no Conselho de Cultura da Secretaria de Cultura do GDF, para o Biênio 2006/2007.

Em 2006, ajudou a fundar a ASSOM – Associação dos Músicos do DF e Entorno, da qual faz parte também como Diretora de Produção e Difusão.

Pós-graduada Lato Sensu em Docência do Ensino Superior na ESAB. É Professora Substituta da Universidade de Brasília, Professora Temporária da Escola de Música de Brasília e Tutora à Distância do curso de Licenciatura em Música da UAB – Universidade Aberta do Brasil, da UnB.
É Mestranda do curso de Pós-graduação Strictu Sensu da Universidade Federal de Goiânia.

 

Fotos

Janette Dornellas Janette Dornellas