Gustavo Carvalho
Página inicial

Gustavo Carvalho - Pianista

Biografia

A revista francesa “Le Monde de la Musique”, na edição de fevereiro de 2004, aponta Gustavo Carvalho como um dos músicos mais promissores da sua geração, com o honroso aval de Nelson Freire que, sobre ele, comenta: “a primeira vez que eu o ouvi, ele tinha 11 anos e me impressionou muito; é alguém muito especial e preparado e tem um grande valor”.

Nascido em 1982, em Belo Horizonte, iniciou seus estudos aos 9 anos de idade, com Magdala Costa. Estudou também com Oleg Maisenberg na Universität für Musik und Darstellende Kunst, em Viena e com Elisso Virsaladze no Conservatório Tchaikovsky de Moscou, alem de receber importantes elogios do pianista Lazar Berman e do compositor György Kurtág. Em 2004, foi venceu o II Concurso Nelson Freire para Jovens Solistas no Rio de Janeiro.

Tocou, aos 12 anos, o Concerto de Shostakovitch com a Orquestra Sinfônica de Minas Gerais no Teatro do Palácio das Artes, em Belo Horizonte. Era o início de sua atividade concertística, que se estendeu rapidamente a várias cidades do Brasil e da Alemanha recebendo, já naquela época, significativos elogios da crítica internacional.

Suas atividades como recitalista e solista de diversas orquestras o levam frequentemente a importantes salas de concerto europeias: a Tonhalle de Zurique, o Palau de la Musica, em Barcelona, o Musikverein, em Viena, o Auditorium du Louvre e o Théâtre du Chatelet, em Paris e a Grande Sala do Conservatório Tchaikovsky, em Moscou. Convidado sempre a diversos festivais, como o Festival du Piano aux Jacobins em Marrakech e em Toulouse, o “Encuentro de Música de Santander”, o Festival “Musique en Brionnais” e o Festspiele Mercklenburg-Vorpommern. Em 2011, apresentou o ciclo das 32 Sonatas de Beethoven em Belo Horizonte.

Solista de diversas orquestras como a Orquestra Sinfônica Brasileira, a Orquestra Sinfônica da Nova Rússia e a Camerata Salzburg, Gustavo Carvalho tocou sob a regência de Ira Levin, Howard Griffiths, Yuri Bashmet e Evgeny Bushkov entre outros.

Como camerista, colaborou com os violinistas Geza Hosszu-Legocky e Daniel Rowland, o pianista Nelson Freire, a pianista Khatia Buniatishvili, a soprano Eliane Coelho, a violoncelista Natalia Gutman e com membros das Orquestras Filarmônicas de Viena e Berlim. Tocou o Concerto de Mozart para dois pianos e orquestra com a pianista Elisso Virsaladze e a Orquestra Sinfônica da Nova Rússia, na Grande Sala do Conservatório de Moscou.

Na a temporada de 2014/2015, tem agendados recitais e concertos com orquestra na Suíça, França, Alemanha, Holanda, Rússia, Espanha, Estados Unidos e no Brasil. Realizará uma turnê, ao lado do trompetista Bernard Soustrou, com o Concerto de Shostakovitch, na França, Itália, Espanha e Grécia, além de participar dos festivais de música de câmara de Stift (Holanda), Plush (Inglaterra) e do Festival des Abbeyes (França). Como camerista, se apresentera com Julian Arp e Daniel Rowland, em concertos na Holanda, Áustria e Alemanha com os trios de Tchaikovsky e Ravel.

Luiz Gustavo Carvalho é fundador e diretor artístico do Festival Artes Vertentes, em Tiradentes e desde 2012 integra a direção artística do ZEITKUNST Festival, em Berlim.

 

Fotos

Gustavo Carvalho Gustavo Carvalho Gustavo Carvalho